Dicas / Blog

José Lourenço, o maior xilógrafo do Brasil









A história do cordel e do poeta Patativa do Assaré passa pelas máquinas da Lira Nordestina, garante José Lourenço Gonzaga, Diretor Cultural da gráfica e editora de cordel e xilogravura e maior xilógrafo do Brasil.


Com o desinteresse pela poesia e queda das vendas, José Lourenço teve que se reinventar. Com o apoio do professor Gilmar de Carvalho e, posteriormente, do SEBRAE, ele vem inovando seu trabalho de impressão mantendo a arte manual da xilogravura, sua arte.


Vieram novos produtos com diferentes impressões em azulejos, camisetas, bolsas e papéis, além do uso de cores e criatividade na madeira e embalagens para venda em pontos turísticos. A divulgação aumentou e José Lourenço já participou de exposições e ganhou prêmios.


Mesmo com uso da tecnologia, José Lourenço e a Lira nordestina continuam simples, originais e ainda incógnitos no LinkedIn. Saiba mais em José Lourenço: Lira Nordestina e o sentimento na madeira.


Case de sucesso da força de um povo movido pela fé. “Cada casa uma oficina, cada oficina um oratório.” Padre Cícero, o “santo popular” não canonizado.


Fotos na Lira Nordestina com José Lourenço, meu marido e eu (atrás da câmera rs).


OPORTUNIDADE A GENTE CRIA!

#façadiferente



Ajudo você a destacar seu currículo, melhorar sua carreira e atingir seus objetivos. Entre em contato. #crismoutella #consultoradecarreira #transformaçõespessoais



#juazeirodonorte #liranordestina #joselourenço #xilogravura #cordel #empreendedorismo #façadiferente #oportunidadeagentecria

Posts recentes

Ver tudo