Dicas / Blog

5 Erros Fatais que Podem Reprovar nos Processos Seletivos e nas Entrevistas



Cometer erros em uma entrevista de emprego pode acabar com sua chance de concorrer àquela vaga, mesmo que você sentisse o match perfeito. Veja os 5 erros mais comuns entre candidatos e prepare-se para não cair na mesma situação.

1 – COMUNICAÇÃO INADEQUADA

Cuidado com seu linguajar e com sua forma de se expressar. Seja natural. Se você não é tão descolado, o uso excessivo de gírias, vícios de linguagem e gestos pode não combinar com você, por exemplo.

Humildade demais também não vale a pena. Não se diminua.



Procure se posicionar, tanto na fala quanto na expressão corporal,
como um profissional seguro de si, que conhece seu valor.

2 – FALTA DE ENERGIA

Sabe aquela pessoa que afunda na cadeira, fala baixo, fica olhando para todo lado e responde como se tivesse sido arrastado para aquela entrevista? Pois é. O recrutador percebe que a pessoa não tem a energia necessária para assumir a função. Falta sangue nos olhos, vibração, iniciativa e proatividade.

Como o gestor vai lidar com alguém que não acredita nem em si?



Será que esse candidato vai acreditar nos projetos da empresa?

3 – VOCÊ NÃO SABE SE VENDER

Você precisa ter consciência do seu valor, do que consegue desenvolver no trabalho e dos resultados que consegue atingir. Não espere reconhecimento se você não souber falar sobre si mesmo de forma clara e assertiva.

Quando eu pergunto para meus clientes quais são os pontos altos da sua carreira, do que mais se orgulha de ter feito na empresa ou resultados que entregou, a maioria responde olhando para seu próprio umbigo, ou seja, o que aprendeu, se foi promovido, se fez um trabalho que gostou muito... Aí eu pergunto: MAS O QUE A EMPRESA GANHOU COM ISSO?



Os recrutadores querem saber das CONQUISTAS e RESULTADOS que você ajudou a EMPRESA A ALCANÇAR. É para isso que você é pago.

Contando seus resultados no seu currículo ou em uma entrevista, você mostra seu POTENCIAL DE ENTREGAR RESULTADOS para quem está oferecendo a nova vaga.

4 – CONCORDAR COM TUDO

Por que os recrutadores preferem pessoas empregadas a desempregadas? Segundo eles, porque quem está precisando de emprego tende a falar mais o que o recrutador e o gestor querem ouvir do que seu próprio posicionamento.

Mas quem quer contratar uma pessoa que não se posiciona? Ninguém.



Seja PROTAGONISTA da sua carreira
Posicione-se diante do que você concorda e do que não concorda.

Pergunte, questione e dê sua opinião. Só assim você irá mostrar seu verdadeiro valor. Aprenda a colocar seu ponto de vista, mas sem chutar o pau da barraca, ok?

O relacionamento de confiança com a empresa começa ali, na entrevista. Não se comprometa com o que você não pode cumprir. Avalie as exigências e o perfil da empresa, analise o mercado, o segmento e posicione-se COMO SE JÁ ESTIVESSE NA FUNÇÃO OFERECIDA.



5 – FALTA DE INTERESSE

Na entrevista, o gestor fala sobre a empresa, a função e a equipe e você não reage, pergunta ou interage. Onde está sua garra e interesse em trabalhar ali?

Pergunte o que você gostaria de saber sobre a equipe, processos, projetos, metas, enfim, TODAS as informações que são importantes para você começar a trabalhar JÁ. Seja curioso e inquieto, como são os profissionais de alta performance.



Cris Moutella

Mentora de Carreira, Marca Pessoal e LinkedIn Creator. Carioca apaixonada por gente e desenvolvimento profissional, há mais de 35 anos atuando com Pessoas, Gestão, Treinamento e Desenvolvimento nas áreas de TI, Marketing, Digital e Negócios. Criadora do grupo de vagas Precisamos Trabalhar e dos materiais gratuitos da Trilha da Recolocação®️.


Entre em contato - linkedIn.com/in/crismoutella - Instagram @crismoutella - Canal Youtube



É proibida a cópia parcial ou total desse conteúdo sem a autorização expressa do autor. Lei 9610/98.





Posts recentes

Ver tudo